Marcelo Rebelo de Sousa termina reunião com os especialistas de saúde pública começando por deixar uma mensagem de esperança com base nos dados analisados ao longo dos dias.

As mensagens que nos foram transmitidas hoje pelos especialistas foram muito claras e muito impressivas", disse o Presidente da República, esta terça-feira, no final de uma reunião com especialistas de saúde pública, no no Auditório do INFARMED, em Lisboa.

“O processo que está em curso está a mostrar passos positivos no crescimento diário de número de casos e está a dar passos positivos na propagação do vírus”, continuou, explicando que “estes são dois exemplos de como há uma tendência positiva”. “Agora já há dados para poder dizer, há uma tendência positiva. Lenta, mas positiva".

Marcelo Rebelo de Sousa deixa, porém, um aviso: "Se queremos ganhar a liberdade em maio, precisamos de a ganhar em abril". O chefe de Estado sublinhou que o alívio das medidas de confinamento depende do comportamento durante este mês. "É preciso em abril ganhar maio", disse.